segunda-feira, 17 de novembro de 2008

DIFERENTES CULTURAS

Hoje de manhã eu fiz café e quando fui tomar eu percebi que não tinha mais açucar...pois é deixei acabar e nem percebi porque aqui em casa quem usa açucar é só o Adão, eu uso adoçante e quando eu fui perceber não tinha mais. Resolvi então ir num mercadinho que tem aqui perto de casa, quase na esquina e como estava com preguiça de trocar de roupa , só coloquei um casaco por cima do pijama e fui...gente, imagina a cena: pijama azul do mickey, meia de lã amarela, chinelo marrom de ficar dentro de casa e por cima um casaco preto...hahahahahaha...e lá fui eu toda tranquila... aqui ninguem repara é normal as pessoas sairem pra rua de pijama, as meninas do high school vão pra escola de pijama e é tudo muito normal. Agora imagina se eu saisse pra rua ai vestida desse jeito? no minimo iriam dar muita risada de mim e os comentários hem??? nossa nem quero imaginar.... Mais tarde , eu ainda de pijama, fui no mesmo mercadinho buscar salsinha pra colocar na carne e vi quando alguns garotos vinham voltando pra casa, saindo da escola, um deles tinha nos braços um bebê, sabe, aqui nas escolas eles ensinam os meninos a cuidarem de bebês tambem e conta muito ponto quando um deles traz pra casa pra cuidar. Vou explicar. No High school (colegial) , eles (meninos) tem aulas, ensinando como se cuida de um bebê. Esse bebê, é claro não é de verdade, mas é como se fosse, porque ele tem um sensor que controlado pelo computador, faz com que ele chore quando quer mamadeira, quando fez xixi, quando quer carinho...gente é uma graça. E um dia meu filho trouxe pra casa ...agora pergunta quem cuidou do bebê a noite inteirinha???? euzinha aqui porque o meu filho se irritava com o choro do bebê..hahahahahahaha...ele até tentava dar mamadeira, trocar frauda, mas o danadinho nao parava de chorar...resultado passei uma noite em claro cuidando do bebezinho, pois não podia deixar ele chorar senão meu filho não ganharia os pontos que ele precisava... Hoje eu acho engraçado, mas naquela noite foi feio viu!!! acredita que no outro dia de manha quando ele foi pra escola e levou o bebê eu senti falta??? ele era tão lindinho..parecia de verdade...o que é a tecnologia né? Agora eu pergunto novamente já imaginou um adolescente andando na rua com um bebê no colo ai no Brasil? e cuidando desse bebê em casa a noite inteira? A gozaçao iria ser geral....Aqui não se nota a roupa que a pessoa usa e eu acho isso maravilhoso, pois aqui cada qual cuida de si e não somos julgados pela roupa que usamos e sim pelas nossas atitudes. É dificil falar dessas diferenças, mas as vezes eu acho necessário, pois sei que quando eu voltar pro Brasil as coisas vao ser diferentes e isso me entristeçe muito...mas apesar de tudo eu amo o meu país e com todas as dificuldades eu ainda vou voltar pra lá e procurar ser feliz dentro das minhas possibilidades....
Bjs a todos

12 comentários:

euelanath disse...

Ai Márcia, fiquei imaginando vc de pijama do mickey rsrsrrs
Realmente aqui no Brasil,as pessoas dão muita importância ao modo de se vestir, se vc entra numa loja e não está bem vestido, os atendentes, não te atendem muito bem, vivo falando isso pro meu marido (que não está nem aí pra vestimenta), ele é da opinião que tem que se sentir á vontade!!!
Elaine

Madeline disse...

Marcia!

Sabes el internet muy bien! Te quiero mucho mama!

Madeline Barnum

marli disse...

Oi marcia saudade de vc..nossa vc parece as minhas filhas..elas iam se dar bem aí então..andam o dia todo de pijama..agora aqui no brasil as pessoas reparam sim a roupa,eu não ligo se me der na telha de sair pra ir no shopping com a roupinha velha de guerra q estava usando em casa eu vou e não to nem aí..rsrsrs
aparece no blog!!!
bjss

Regiane disse...

Amiga deve ser maravilhoso poder andar de pijama sem ninguém ficar reparando!!!!!Aqui se a gente não estiver bem vestido corre o riso de ser até maltratado no comércio.
Nossa estou com muita saudade de vc.A Carol tem usado muito o pc estes dias para os trabalhos finais de escola,mas logo conversaremos no msn.
Querida já faz tempo que quero te perguntar aonde vc morava aqui no Brasil.
Bom fim de semana.Fique com Deus.Beijos.

Eliana Scaramal disse...

Márcia como muda o jeito e hábito de um povo para outro né?! Achei tão diferente essa história de ensinar a cuidar de bb´s. :)

www.saboresdalica.blogspot.com

ny disse...

Marcia que legal,gostaria de sair de casa assim de pijama ahahaha,porque e folgado e estas roupas que usamos as vezes sufoca,legal se nas escolas daqui tambem ensinassem as crianças estas responsabilidades porquemal tem aulas nas escolas publicas,meus filhos vao estudar direto ate fevereiro pausa so para o natal e carnaval.vi que vc me deixou um comentario,nao sei bem como fazer um blog mais e como se fosse um diario so que aberto ao publico,nao tenho muitas coisas interessante mais vc e bem vinda la.viu.ah,conheço so de ouvir falar de irausuba,quando vir no brasil podemos marcar e tambem podemos ver a vanessa que vc acha?um beijo.

Lili disse...

Márcia.. aqui no interior já sai várias vezes de pijama para ir a padaria...
Beijos
Saudades

Anônimo disse...

Corre lá no blog da Van!!!
No coments, Elianinha, ok?
Beijão!!!
Eliana - Mogi Guaçu- SP.

Anônimo disse...

Corre lá no blog da Van!!!
No coments, Elianinha, ok?
Beijão!!!
Eliana - Mogi Guaçu- SP.

Rosana disse...

olha querida fica tranquila, porque eu paguei esse mico aqui no Brasil.kkk
Quando cai em casa que quebrei o tornozelo, advinha como eu fui hospital????? ahhhh de pijama do Mickey.kkkkk
Morri de vergonha, mas a dor era tanta que nem me importei..

Beijos querida
Rosana

Fernanda disse...

que delicia se em todo lugar fosse assim!! lembrei de um dia que fui numa loja classe A comprar um calçado e fui de chinelo havaina, não fui atendida nenhum atendende teve intenção de me atender por causa do chinelo. é triste como aqui no Brasil você é o que você veste e ou calça e não pelo que se é de fato.

marcia disse...

oi Marcia, estas é uma das coisas que gosto daqui, como as pessoas nao dao importancia para como o outro esta vestido, meus pais vieram passar 2 semanas aqui eles acham um saro o povo ir ao mercado com aquele tamanco de madeira amarelo...kkkkk...como eu morro no interor já me aostumei, mas no comeco achava muito engracado...beijao e obridgada pelo carinho...adoraria conhece la pessoalmente!!!