quinta-feira, 29 de abril de 2010

Um lindo momento em minha vida

Eu me casei já com vinte e quatro anos e a minha vontade era me casar no sábado e amanhecer grávida no domingo...kkkkk... verdade, eu queria muito ter um filho logo no início do casamento. Na verdade, eu queria ter seis filhos, um a cada ano e pra isso era necessário que eu começasse logo pois quando chegasse aos trinta já estaria com o time formado. Só que essa não era a vontade de Deus e eu embora me esforçasse o máximo  para engravidar não via resultados. Passou um ano, dois, três e nada... eu não entendia porque, uma vez que eu e meu marido fizemos todos os exames e nada acusava...já estava desistindo e pensando em adoção pois depois de três anos tentando e nada já estava perdendo a esperança.
Na época eu trabalhava no Banco do Brasil e numa manhã meu chefe me chamou em sua sala e me fêz uma proposta  de trabalho onde eu deveria desenvolver um projeto que tomaria um bom tempo dos meus dias, e eu empenhada , acabei por esquecer a gravidez. Passaram-se os dias e eu comecei a ter um certo descontrole menstrual que estava me incomodando bastante. Resolvi procurar um médico e contei o que estava acontecendo e ele me receitou um hormônio regulador...gente isso tem vinte e um anos atrás e eu nunca me esqueço o nome do remédio.. CICLOPRIMOGINA...  o médico me disse que deveria tomar durante quatro meses e me receitou quatro caixas, dizendo que tudo voltaria ao normal. Pois bem, sai do consultório e passei na farmácia, só que na hora de comprar o remédio eu vi que tinha na carteira dinheiro para comprar apenas uma caixa...pensei, tudo bem levo uma e depois compro as outras três. Tomei o remédio o primeiro mês e percebi que minha menstruação não veio no dia que deveria... resolvi esperar mais um pouco antes de começar tomar a segunda caixa. Só que ela (menstruação) não veio e já tinha vinte dias que eu tinha tomado o último comprimido. Resolvi então voltar no médico e dizer a ele que o remédio não tinha feito efeito e que minha menstruação não tinha vindo e perguntar se deveria tomar a segunda caixa ou não.... qual não foi a minha surpresa quando o doutor disse: "Mas eu não te avisei que este comprimido não era anticoncepcional? Você pode estar grávida!!!" , Eu então disse a ele: "Não doutor o senhor não me avisou, porém se eu estiver grávida, esse comprimido fêz um milagre na minha vida"... O doutor então pediu que eu fizesse um exame imediatamente e como na própria clinica eu poderia fazer, na mesma hora ele preencheu o  requerimento e lá fui eu fazer o exame. Fiz e fiquei lá sentadinha esperando o resultado... nem preciso falar que eu estava numa ansiedade sem tamanho né? Meia hora depois veio a enfermeira com o meu resultado e entregou pra recepcionista. Quando a recepcionista me chamou pra entregar ela me passou o  envelope e falou: "Parabéns mamãe"....( lágrimas de novo aqui)....eu abri o envelope e olhei... tinha um X no POSITIVO....gente, eu não sabia se dava risada ou se chorava... fiz mais....chorei... sorri... pulei...gritei...
ainda não estava acreditando que finalmente eu iria ser mãe...Gente, eu fiz tanto que quando cheguei no consultorio o doutor já sabia que tinha sido positivo sem ver o resultado. Sai do consultório e dentro do ônibus eu estava dando risada sozinha... de vez enquando uma lágrima caia, mas as pessoas me olhavam e pensavam... será que ela enlouqueceu...kkkkkkk até que  uma senhora me perguntou: "está tudo bem minha filha?" eu respondi..."sim.. eu estou muito feliz...vou ser mamãe..." ai todos entenderam...
Bom, dai em diante eu fiz meu pré natal e  no dia 27 de julho de 1989 veio ao mundo a pessoinha mais amada desse mundo... quem me faz feliz, me ensinou o que é ser mãe, me deu oportunudade de ser mãe e que hoje é um rapaz que vai completar 21 anos, mas continua ser meu baby... que dormia sorrindo e acordava sorrindo ... e é assim até hoje. Não tive a oportunidade de ter os outros cinco, porém, posso afirmar que Diego conseguiu sózinho me realizar como mãe e quanto a adoção... eu ainda não desisti.. quando eu voltar ao brasil definitivamente vou  buscar a Raquel em algum lugar...
Esse post foi escrito por ser regra do lindo selo que eu ganhei da querida Vanessa do Sala da Srta. Cultura
Vanessa, espero ter cumprido a regra e mais uma vez, muito obrigada por esse carinho...me fêz ter vontade de escrever aqui no cantinho de  novo....
Gostaria de dedicar esse selinho a todos vocês que me visitam e também gostaria de saber um momento feliz na vida de vocês... que tal todos aceitarem e me contar hem??? me avisa pra eu poder  ler ok?
Beijos a todos e tenham um lindo final de semana...

12 comentários:

Ivana disse...

Márcia, que momento realmente feliz. principalmente depois de tão aguardado! Eu parei de tomar anti concepcional há quase 3 anos e nunca engravidei. Depois de um ano tentando, voltamos a médica e depois de fazermos vários exames descobrimos que ele tem um problema de contagem de espermatozóides, ou seja, apenas uma pequena quantidade é ápta para fertilizar um óvulo. Ainda tentamos, por duas vezes, um tratamento oral (nele) para ver se tínhamos uma chance maior, mas infelizmente não deu certo...
Agora, depois de todo esse tempo, penso que o papel de mãe pode não ter sido reservado para mim. Procuro aceitar isso e pensar que a maternidade ainda pode ser uma realidade no futuro através da adoção. Quem sabe...
Um beijo grande!

:: Nanda :: disse...

Eu sempre me emociono com histórias assim. Apesar de não querer ser mãe tão cedo..fico feliz quando vejo alguém grávida.
adorei a história! beijos

marta disse...

Amiga marcia, saudades de voce...
chorei agora com seu relato!! Que linda estoria amiga!!no meu caso, achava sempre q poderia esperar mais um pouco, mas a ideia de ter um filho era fixa em minha mente.confesso q quando fiz o exame de farmacia me assustei com o resultado... mas sou extremamente feliz com minha joia!!Minha menina...ai como me enche o coração de ternura so de pensar no rostinho, na voz, no cheiro!! Meu maior presente, Agradeço a Deus por minha mocinha...
Um beijo amiga e... o Diego!!!!quando vem??

Tatiane Garcia disse...

Q lindo Marcia! O trabalhar de Deus é perfeito não é???
e sorte do seu pimpolho que pegou o amor de 6 filhos todo pra ele!!!!kkkk...lindo lindo...adorei seu momento!!!!

Blog da Fatima disse...

Marcia...
Que linda a tua história...Um dia me inspiro e conto a minha!
Mas to com saudades de ti!! O que tá acontecendo que não te vejo mais lá em casa, no msn, email!! Nada amiga!!
Só não to mais preocupada pq sei que está bem, pois fizesse esse post. Não fica assim tão distante, se achegue mais pra perto...Quero saber como anda a vida.
Aparece..

Bjos no ♥

Danny disse...

Ahhhh!!! Como é bom recordar esses momentos tão lindos que nosso filhos nos proporcionam mesmo antes de ter nascido.
Um beijão flor e ótimo final de semana!

sissi disse...

linda e emocionante a história da sua gravidez os milagres realmente acontecem no momento certo! um abração

Rosana disse...

A que lindo seu relato, filhos, são sempre nosso bem mais precioso, fiquei feliz em ler sua história minha amiga, quanto a Raquel, tenha certeza estará te esperando sempre, amiga, estou trabalhando como louco, sinto saudade, beijos em seu coração!

Rosana Morena!

Rute disse...

olá querida, desejo-lhe um ótimo final de semana e obrigada pelas palavras de incentivo viu?


Beijinhos a vc

Elaine Barnes disse...

Olá amiga, obrigada pela visita sempre atenciosa. Sua história é emocionante.Não tem coisa melhor nessa vida que um sonho realizado.As vezes a ansiedade faz demorar um pouco né?! Lindo e lindo seu depoimento. Peguei o selinho e logo colocarei nos mimos da coruja contando algum momento muito feliz tb tá bom!Montão de bjs e abraços

Mahria disse...

Ai Márcia que história mais linda, tão comum, cotidiana e ao mesmo tempo única e taaão linda, emocionei.

Beijos
Mah

Lidiane Vasconcelos disse...

Oi, Márcia!
Você me deixou emocionada com esse post, viu?! :D

Sabe que estou tentando engravidar? Pois, histórias ligadas a gravidez agora me tocam mais do que nunca. E, oh! Não vejo a hora de experimentar isso que você vivenciou também. :)

Beijos!